ANNO 56

_________

Redacção, escriptorio e officinas

Rua General Bacelar N. 165

NUMERO AVULSO 100 RS

____

Endereço Telegraphico - Diario

 

 

Semana de 17 a 23 de Outubro

 

Vida Artística

 

Foi mais um sucesso para  o applaudido. gremio dramatico do Club Caixeiral o seu espetaculo de ante-hontem.

O programa do saráo, muito bem organisado, foi cumprido a risca.

Representou-se em primeiro logar a comedia em 3 actos Como se ensinam os valentes, que teve correcto desempenho por parte dos seus intelligentes interpretes.

Fizeram-se ouvir depois, ao violíno, os habeis amadores Srs. Abellard Marques Rey, Armando Lima professor Antenor Monteiro, num bello trecho de Haydon, que arrancou da platéa verdadeira ovação a esses executantes.

Essa musica foi bisada a pedido do auditorio.

Fechou a agradavel noitada o entre-acto comico Um plano infalivel, provocando gostosas gargalhadas.

Preencheu os intervallos a afinada banda do Club, com formosas composições musicaes.

O theatro estava cheio.

(18/10/1904)

____________________

 

Alfandega em ruinas

 

A alfandega desta cidade está fazendo publico, po editaes, para conhecimento dos respectivos interessados, que diversos volumes da carga a vapor allemão Corrientes recolhida ao armazem n.3 ficaram estragados por agua da chuva que ali cahiu, pelas innumeras gotteiras existentes no edificio!

Este facto, por si, é suficiente para demonstrar o lastimoso estado em que de ha muito se encontra a alfandega do Rio Grande.

Em pedidos, rogativas e reclamações sem numero, ja ficou exhuberantemente provado o quanto é urgente e inadiavel que o governofederal lance suas vistas para a precarissima situação daquelle edificio.

Si não ha intenção de o deixar cahir por terra duma vez, faz-se mister ali uma obra immediata, de molde a conservar um proprio nacional em cuja construção se despendeu centenares de contos de réis, e para salvaguardar interesses não só fiscaes mas tambem particulares, ameaçados de manifesto prejuizo.

(20/10/1904)

HOMENAGEN

dos Funccionarios Municipaes a saudosa memoria de

JOÃO B. dos SANTOS CONDE

NO 30º DIA DE SEU PASSAMENTO

 

 

São decorridos 30 dias que finou-se João Bernardino dos Santos Conde.

Esse inesperado acontecímento que a todos assombrou pela rapidez de que revestiu-se, a todos tambem - sociedade, família, amigos e companheiros - causou profunda magoa, acerba dôr, porque:

na sociedade, Bernardino Conde era estimado e atacado membro;

na familia, era chefe exemplar, e

na roda dos amigos e companheiros, era o typo de sinceridade e de lealdade.

Taes eram os dotes do seu grande coração, a pureza dos seus sentimentos e a nobreza do seu caracter.

Funccionario - nenhum outro o excedia em dedicação ao trabalho; tambem de ninguem recebia noções de probidade e lealdade.

A lembrança e a saudade que sinto do ex-secretario do municipio acompanhar-me-ão enquanto pulsar meu coração o sentimento de gratídão, que é eterno.

C. ASSUMPÇÃO.

 

(21/10/2004)

 

 

 

 

Bibliotheca Rio-Grandense( 2004 ) / Todos os direitos reservados. / Site no ar desde 15 / 10/ 2004. / Melhor visualizado em 800 X 600.